Na realização de um negócio, o pagamento em bens é bastante praticado no mercado Brasileiro. Seja para comprar um novo imóvel, para complementar o pagamento por um serviço, os bens imóveis se transformam em moeda corrente e são bastante valorizados.

Aceitar um imóvel ou carro nos negócios pode ser vantajoso, mas para que você tenha segurança, é preciso ficar atento a alguns detalhes.  Imóveis, assim como outros bens tem um valor de mercado. É este o valor que deve servir como referência na hora de realizarmos transações.

Para isso é preciso entender que quem recebe um bem imóvel, provavelmente vai transformar este bem em dinheiro vivo ou em um novo negócio e precisará ter uma margem no valor para poder realizar a revenda.

Você terá que solicitar uma avaliação do bem antes de definir o valor pelo qual ele entrará na sua negociação e ainda ficar atento a documentos que comprovam a propriedade e situação legal.

Se for um imóvel na planta, verifique:

  1. Se há registro de incorporação deste imóvel– este registro garante que a construção foi aprovada e está regulamentada conforme a legislação vigente e assegura que quesitos obrigatórios serão cumpridos pelo incorporador, além de ter todas as informações sobre o que será entregue pela construtora
  2. Verifique se a pessoa que está entregando o imóvel é realmente o proprietário– peça a cópia do contrato de compra e venda ou a escritura do bem e confira os dados

Se for um imóvel usado:

  1. Solicite a matrícula atualizada do imóvel e certifique-se que quem está querendo vender é realmente o proprietário. Caso seja casado, você precisa conferir se o cônjuge concorda com a venda, caso contrário o negócio poderá ser tornado nulo.
  2. Peça ao vendedor documentos que comprovem toda a regularidade como certidão de ônus, certidão negativa de IPTU, distribuição cível, justiça federal, justiça do trabalho, receita federal e certidão de interdição e tutela.

 

Aceitar imóveis num negócio pode ser uma boa opção

Aceitar imóveis num negócio pode ser uma boa opção

Com estas dicas, certamente você fará um negócio seguro e bom para os dois lados!