Quando você aluga um imóvel, precisa cumprir alguns procedimentos burocráticos antes de se mudar de fato. Um deles é a verificação da vistoria que é feita pela imobiliária que administra o imóvel. Mas porque a vistoria é tão importante?

vistoria

A vistoria do imóvel garante a segurança tanto do inquilino, quanto do proprietário. Imagine que você deixou seu imóvel sob a responsabilidade de uma imobiliária para locação. Este imóvel receberá diversos moradores ao longo do tempo. Uns ficarão nele por tempo prolongado, outros por prazos menores. Cada um que entra instala móveis, pinta paredes, enfim, faz ajustes conforme seu gosto e necessidades. Se não houvesse um levantamento detalhado do estado do imóvel antes de entregar ao novo morador, cada um poderia fazer o que bem entendesse.

Se você é o inquilino, precisa ter a segurança que está recebendo o imóvel em plenas condições, com a rede elétrica e hidráulica funcionando, com pintura nova, tudo limpo e organizado, para não ter dores de cabeça durante o contrato e especialmente no encerramento do período de locação. Não são raras as vezes que, sem uma vistoria detalhada e cuidadosa, inquilinos, proprietários e imobiliárias discordam sobre o estado inicial e o estado atual do bem.

Para evitar transtornos, fique muito atento à vistoria que a imobiliária envia para a sua conferência. Verifique cada item e se houver alguma inconformidade, apresente por escrito a sua contestação no prazo informado pela imobiliária. Geralmente este prazo é de 24h após a entrega das chaves do imóvel. Assim você fica resguardado de ter que fazer qualquer reparo que não seja de sua responsabilidade no futuro e o proprietário fica ciente do estado do imóvel que está alugando.

Lembrando sempre que é de responsabilidade do inquilino qualquer reparo de defeitos que venham a ocorrer durante o uso do imóvel como problemas na válvula da descarga do banheiro, torneiras pingando, pintura descascada, furos feitos nas paredes ou defeitos causados pelo uso do bem. Defeitos ou problemas ocultos como vazamentos em canos de água ou gás, custos de chamada extra condominiais para melhorias permanentes nos prédios, defeitos na rede elétrica, entre outros, são de responsabilidade do proprietário e seu concerto só poderá ser feito com a aprovação deste.

As imobiliárias possuem uma rede de fornecedores para a prestação de serviços, porém você pode optar por um fornecedor de sua confiança, desde que ele faça o serviço e restabeleça a condição do bem conforme foi entregue na assinatura do contrato e o que consta na vistoria de entrada.

Lembre-se que é preciso documentar seus pedidos de manutenção junto a administradora do imóvel, para garantir que tudo fique registrado junto a sua documentação de locação.